30/01/2020

Novidades TopSeller | Harriet Tyce | Anna Elory | Tessa Dare | Charles Soule | Holly Bourne

 À venda a 03 de Fevereiro
Fenómeno Bestseller! O thriller mais chocante do ano.

«Harriet Tyce é a nova Paula Hawkins.» - Cosmopolitan

«Uma leitura incrivelmente viciante, com um final gratificante. Cinco estrelas.» - Heat

«SÓ MAIS UMA NOITE. DEPOIS ACABO COM ISTO.»
A vida de Alison parece perfeita. Tem um marido dedicado, uma filha adorável, uma carreira em ascensão como advogada e acaba de lhe ser atribuído o primeiro caso de homicídio. Só que Alison bebe. Demasiado. E tem vindo a negligenciar a família. Além de que esconde um caso amoroso quase obsessivo com um colega que gosta de ultrapassar os limites.

«EU FI-LO. MATEI-O. DEVIA ESTAR PRESA.»
A cliente de Alison não nega ter esfaqueado o marido e quer declarar-se culpada. No entanto, há algo na sua história que não parece fazer sentido. Salvar esta mulher pode ser o primeiro passo para Alison se salvar a si própria. 

«ESTOU DE OLHO EM TI. SEI O QUE ANDAS A FAZER.»
Mas alguém conhece os segredos de Alison. Alguém quer fazê-la pagar pelo que fez. E não irá parar até ela perder tudo o que tem.

Um thriller envolvente, com um final absolutamente inesperado e chocante, protagonizado por uma personagem muito empática. 

«Uma história viciante que conduz a um final perturbador e gratificante. Os leitores vão esperar ansiosamente pelo próximo livro de Harriet Tyce.» - Publishers Weekly

*****

  À venda a 03 de fevereiro
«Um romance extraordinário e intenso que me prendeu e comoveu até ao final.» - Mary Chamberlain, autora de A Costureira de Dachau

Poderá o amor iluminar os tempos mais sombrios?
Pouco depois da queda do Muro de Berlim, em 1989, Miriam regressa a casa para cuidar do pai em estado terminal. Quando se apercebe dos números tatuados no pulso de Henryk, escondidos pela bracelete do relógio, Miriam descobre que o pai fora prisioneiro de Auschwitz. Como poderá esta parte da sua vida ter ficado escondida durante tantos anos? E quem é Frieda, por quem Henryk tanto chama?
Ao procurar mais pistas sobre o passado da família, Miriam encontra entre os pertences da mãe um uniforme de uma prisioneira de Ravensbrück, um campo de concentração feminino na Alemanha. Escondidas nas bainhas do vestido estão dezenas de cartas de Frieda para Henryk, que, além dos seus relatos pessoais, narram a perturbadora história das «Coelhas», mulheres usadas como cobaias em experiências médicas. 
Intrigada por um passado que lhe foi ocultado e desesperada por fugir aos seus próprios demónios, Miriam decide descobrir a verdade sobre a sua família. Porém, ao reconstituir uma história de amor escondida durante décadas, depara-se com uma realidade de sofrimento e de perda. São as vozes das mulheres narradas nas cartas, a sua coragem e resiliência, que a inspiram a recuperar as rédeas da sua vida.

«Uma leitura cativante, aterradora e comovente.» - Jill Mansell

*****
 À venda a 03 de fevereiro
Vencedora do prémio RITA
Bestseller do New York Times

«Provavelmente o melhor livro de Tessa Dare.» - Publishers Weekly

Penny Campion é uma jovem nobre, filha de um duque, que não quer conviver com a alta sociedade, preferindo ficar em casa a tomar conta dos seus animais. É uma mulher leal e caridosa, sendo incapaz de encontrar uma criatura vulnerável sem a levar para casa. Contudo, a sua tia quer que ela participe em eventos sociais e se livre dos animais. Caso contrário, Penny terá de ir viver para o campo com o intransigente irmão, um destino que ela teme. 
Gabriel Duke é um milionário que compra a casa ao lado da de Penny por saber que esta, como futura duquesa, poderá valorizar a propriedade dele. Chamam-lhe o Duque da Ruína, pois ele é perito em arruinar nobres. Quando descobre que Penny está em risco de partir, oferece-se para a ajudar. 
É então que Penny percebe que por detrás de um homem aparentemente cruel existe um coração ferido. Agora, é Gabriel quem ela quer salvar. Conseguirá fazê-lo ou acabará arruinada?

Um dos melhores romances do ano para a Amazon e Goodreads.

*****

 À venda a 03 de fevereiro
Finalista do prémio Goodreads para Melhor Livro de Ficção Científica

O que faria se conhecesse o futuro?

Will Dando leva uma vida bastante normal, para alguém com quase 30 anos. Até ao dia em que acorda de um sonho que lhe revela 108 profecias. E esta informação pode bem transformá-lo no homem mais poderoso do mundo. Sabendo estar na posse de algumas informações comprometedoras, decide esconder-se sob o pseudónimo de Oráculo, veiculando uma selecção de previsões através do Site, uma página de Internet que rapidamente se torna viral e desperta a curiosidade de todo o tipo de pessoas e organizações. 

Atraídas pelo fascínio de conhecer o seu próprio futuro, milhares de pessoas contactam o Oráculo, mas o Site acaba também por chamar a atenção de grandes empresas, dispostas a pagar milhões pelo acesso exclusivo a uma previsão que as possa beneficiar. Tudo isto obriga Will a confrontar-se com as suas dúvidas. O que fazer com o conhecimento que recebeu? E de onde terão surgido as misteriosas previsões? 

Com poucas pessoas em quem confiar, a única hipótese de Will é desvendar o significado oculto das previsões, ao mesmo tempo que tenta sobreviver e evitar uma catástrofe mundial.

«Com O Ano do Oráculo, Soule criou algo verdadeiramente especial, tanto um thriller global como um olhar afiado à condição humana moderna. O Ano do Oráculo é facilmente uma das melhores estreias que li em anos.» - Scott Snyder, autor de Wytches, Batman e A.D.

*****
 À venda a 03 de fevereiro
Nomeado para Melhor Livro Young Adult pela Bookseller

Serenatas românticas, beijos à chuva e declarações de amor épicas... Isto só acontece nos filmes!

A AUDREY não quer saber de amor nem de paixões piegas. A vida dela já tem drama que chegue! Para fugir ao caos que se instalou em casa, ela arranja um trabalho no cinema local, sem imaginar que é precisamente aqui que vai encontrar um drama chamado Harry.

O HARRY é um aspirante a realizador de cinema e encaixa em todos os clichês lamechas dos grandes romances. Rosas vermelhas, velas e charme de bad boy, ele vai tentar de tudo para conquistar a descrente Audrey. Mas, por favor, poupem-na! É bem sabido que o amor da vida real não é como nos filmes, certo? Ou talvez a Audrey se surpreenda...

«Divertido, intenso e incrivelmente real, Isto Só Acontece nos Filmes é sobre apaixonarmo–nos e cedermos ao amor, apesar dos nossos próprios medos.» - The Telegraph

Isto Só Acontece nos Filmes recebeu excelentes críticas e é um romance sobre romance, um grito feminista aos estereótipos impostos às jovens raparigas e uma leitura absolutamente hilariante. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é valioso!
Obrigada pela visita e volte sempre!