11/10/2018

Opinião | Felizes Para Sempre | Kiera Cass | Marcador Editora

Antes de encontrarem os seus Felizes para Sempre, Amberly, Maxon, Aspen e Marlee tinham outras histórias para contar…
Esta colectânea traz os contos «A Rainha», «O Príncipe», «O Guarda» e «A Favorita», ilustrados e com introduções inéditas de Kiera Cass. Conheça o príncipe Maxon antes de ele se apaixonar por America, e a rainha Amberly antes de ser escolhida por Clarkson. 
Veja a Seleção através dos olhos de um guarda que perdeu o seu primeiro amor e de uma Seleccionada que se apaixonou pelo rapaz errado. Encontrará, ainda, cenas inéditas da série narradas pelos pontos de vista de Celeste e Lucy, um texto a contar o que aconteceu às outras Seleccionadas depois do fim da competição.
Um livro essencial para os fãs de A Seleção, que poderão mergulhar mais nesse universo tão apaixonante.
(Pode Conter Spoilers...)
Quem leu a série "A Seleção" com certeza que terá ficado muito contente com esta compilação de histórias sobre os personagens mais importantes dos volumes anteriores.

Este livro contém oito contos, sendo eles A Rainha, O Príncipe, O Guarda, A Favorita, Celeste, A Aia, Depois de A Escolha e Onde Estão Agora.
Em cada um dos contos vamos tendo acesso a acontecimentos, sentimentos e dúvidas aos quais não temos acesso nos volumes correspondentes. Aliás, no caso da Rainha, mãe de Maxon, nunca tinha sido revelado muita coisa, sabendo nós apenas de que a Rainha provinha de uma casta demasiado baixa para sequer ser considerava viável para o príncipe Clarkson, pai de Maxon. Também não tínhamos tido a noção de que o principie Maxon tinha tido tanta dificuldade em adaptar-se à Seleção, não tivemos acesso total à tragédia que aconteceu a Marlee e Carter por se terem apaixonado quando não podiam, embora tenhamos tido conhecimento de que aconteceu um castigo por demais severo e cruel. Lembram-se do Aspen? Pois, o eterno apaixonado de America também conseguiu ultrapassar o desgosto de um coração partido embora não tenha sido tão fácil como terá parecido. E Celeste? Nunca gostei dela, para ser sincera, mas, estando na mente dela por um conto, vemos que ela apenas quer ser amada e, ao mesmo tempo, admirada e respeitada. Será pedir muito? Eu acho que não, mas que ela podia ter sido bem menos agressiva, isso podia.
Admito que estava à espera de que os contos revelassem ainda mais, mas à medida que vamos avançando e indo de conto para conto, temos sempre em mente os livros principais que nos deram a conhecer todas as candidatas ao coração de Maxon e algum background ainda anterior à existência de Maxon. Saber que o Rei nem sempre foi tão austero e cínico caiu bem, embora seja difícil de esquecer tudo o que Maxon sofreu interiormente por pensar que nunca seria o suficiente para o pai. No final do conto A Rainha, conseguimos ver que Clarkson nutriria sempre um amor imenso pela Rainha Amberley.
O conto que gostei mais? A Favorita. Isso porque sempre gostei imenso da Marlee e admirei imenso o que ela fez e do que ela desistiu por amor.
Acho que não se vão arrepender de rever tantas personagens que encheram as nossas horas durante todos os livros da Seleção e de as conhecerem um pouco mais.
Foi bom revê-las a todas e a tê-las sob uma nova perspectiva.

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é valioso!
Obrigada pela visita e volte sempre!