22/05/2020

Opinião | O Fio da Felicidade | Jill Mansell | TopSeller

De um erro terrível nasce algo maravilhoso.
Será que o azar pode trazer sorte?

Bastou um clique para Essie ficar sem casa, trabalho, namorado e tornar-se a mais recente piada da Internet. Tudo por causa de um e-mail infeliz enviado acidentalmente a TODOS os contactos; uma carta privada onde, bem…, desabafara coisas horríveis sobre a mãe do seu namorado (que, já agora, também era sua chefe!). E quando a vida perfeita de Essie é arruinada, só lhe resta uma solução: começar de novo noutro sítio, fazer amigos e encontrar um emprego (de preferência, um de que goste).

E é assim que o azar de Essie a leva a uma nova cidade, onde conhece uma octogenária determinada a ser sua fada madrinha e um grupo de desconhecidos que lhe mostram o quanto do mundo ainda há para desfrutar.

Mas o que Essie não esperava era voltar a ver Lucas… O homem responsável pelo envio acidental do e-mail. Conseguirá ela perdoá-lo pela forma como a sua vida mudou?

Divertido e emocionante, é o livro perfeito para as leitoras que gostam de Sophie Kinsella, Jojo Moyes e de leituras absolutamente viciantes.

Uma história sobre bondade, perdão, e sobre como nos devemos apoiar nas pessoas que nos ajudam a encontrar a felicidade.

Tenho de ser sincera e admitir que nunca tinha lido nada de Jill Mansell, apesar de sempre ter ouvido falar muito bem dos seus livros e da sua maneira de escrever.
Na verdade, gostei tanto deste primeiro livro que li dela, que não tardei a ir procurar por outros livros dela publicados em Portugal e acabei também por conseguir os que ainda não foram traduzidos para Português!

Gostei imenso da forma como ela criou personagens cheias de vida e de boa disposição e com tanta inclinação para o "desastre". Como exemplo mais do que perfeito, temos a nossa Essie. Perde o namorado, o emprego, a casa onde vive tudo na mesma altura e de uma forma magistralmente divertida e completamente aleatória. É que ela não é das pessoas mais afortunadas que existe e a prova disso é que uma simples noitada do irmão com um amigo indesejado lá em casa, basta para semear o caos na vida dela. No entanto, como ninguém é assim tão azarado, quis o destino que uma pequena senhora octogenária, cheia de vida e elegância cruzasse o seu caminho e a colocasse no caminho certo. 

Depois ainda temos Lucas, o amigo indesejado do irmão de Essie que também vai dar a sua ajuda (e de que maneira) a encarrilar a vida dela, não da maneira que era suposto, mas da maneira que ela menos esperava.

De uma forma descomplicada e divertida, Jill Mansell traz-nos uma história de amor, de recomeços, de amor ao próximo e de amizade. Essie recomeça a sua vida, bem como, a certa altura, Lucas, Connor que é o vizinho paredes meias de Essie e até a melhor amiga dela talvez mude de "ares" no que diz respeito ao amor.

Sinceramente, adorei e mal posso esperar para pegar no próximo livro dela.

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é valioso!
Obrigada pela visita e volte sempre!